Santo Pão, padaria pet friendly nos Jardins

Santo Pão: pet friendly! Oba, mais um bacana para comer bem na companhia dos pets. O Santo Pão fica nos Jardins em São Paulo. Ele é uma padoca chic, que aceita pets nas mesinhas da calçada e na varanda coberta. Além disso, o cardápio é divino. Eu e a Ella já estamos com vontade de voltar!

cachorro sentado na varanda de restaurante
Ella

Santo Pão: pet friendly!

espaço pet friendly: há dois espaços para sentarmos com os pets: nas mesas da calçada, que é grande e indicada para os pets de tamanho G. E, além disso, na varanda coberta onde as mesas ficam grudadinhas umas nas outras e funcionam melhor para a turma peluda menor. 

para comer: sanduíches, saladas, quiches e pratos leves. 

sanduíche de queijo

Imperdível: o croissant com creme de Gianduia.

croissant com creme de Gianduia.

o guacamole

guacamole e chips

e o suco da casa, que vem em uma garrafinha, e tem vários sabores de mix de frutas.

suco natural

Diquinha: o nome leva pão e, claro, há pão para comprar. Mas ela acaba indo além da função padaria e oferece um cardápio para vários momentos do dia: desde o tradicional e esperado café da manhã até um almoço e lanchinho, por exemplo.

cachorro deitado na calçada de padaria

Mais sobre o Santo Pão

O bairro dos Jardins, em SP, é conhecido pelo seu charme e por ter ótimos endereços gastronômicos. Entre eles, está o Santo Pão. O nome se auto-explica, né? Agora, para realmente entender o seu potencial é necessário visitá-lo. O que não será nenhum sacrifício, certo? Portanto, reserve na sua agenda um espaço para conhecer a padoca chic com ares franceses em plena Rua Padre João Manoel.

Há três espaços bem definidos: as mesas da calçada, o deck coberto e a parte interna. O espaço pet friendly, por exemplo, fica reservado as duas primeiras. Mas veja bem: as mesas no deck são bem próximas, o que limita o espaço do seu pet se acomodar. No caso de ele ser tamanho P ou M, ok vá em frente. Se ele for maior fique na calçada, que é uma graça. Além disso, nos finais de semana, lota e forma filas. Você vai encontrar diversas tribos: casais, amigos, famílias com filhos e nós (a turma dos cachorros). Portanto, lembre-se que seu melhor amigo deve ser calminho e social porque o agito vai ser grande e o vai e vem de pessoas e pets pode ser grande.

O cardápio

Enfim, é possível manter a linha e não ultrapassar as calorias. Se você conseguir fazer isso, me conte como. O cardápio é um deleite e a palavra regime deve ficar de fora do programa. Ou seja, permita-se. No começo eu achava que o Santo Pão fosse um lugar para tomar café da manhã ou pelo menos que seu forte fosse o café. Que nada! Ele é ótimo para qualquer momento do dia em que a fome se manifestar. Fomos apenas uma vez, com a promessa e desejo de um retorno, e pedimos pelo croissant recheado e pelo ciabata com cogumelos e queijo gruyère. Ambos, aprovadíssimos. Detalhe: os pães são feitos com fermentação natural. Amei a garrafinha dos sucos do “bem”, os detox, que são feitos no dia (algo de light teve no nosso pedido)!

O ponto alto da refeição, que acabei chamando de brunch, foi o croissant de Gianduia. Senhoras e senhores, o que é aquilo? O elegi como um dos melhores pecados da minha vida, certamente. Então, parabéns ao chef e padeiro Pedro Calvo que está deixando nossa vida muito mais feliz. E por aceitar nossos pets.

Bate Bola

para ir com chuva: sim

para ir com todo porte de pet: sim

para gastar: $$ – até R$60 por pessoaEndereço: Padre João Manoel, 968, Telefone: (11) 2309-5594 Site:www.santopao.com.br

Avalie

Conte como foi a sua experiência. Seus amigos e outros pet lovers poderão seguir suas dicas!

O seu endereço de e-mail não será publicado.