Como ajudar?

Na coluna de 11 de maio do Estadão falamos como ajudar?!

Nesta quarentena me dei conta que precisava fazer algo que não fosse por mim. Eu precisava ajudar de alguma forma. Comecei a pensar como e resolvi incentivar as pessoas a se perguntarem também.

Resolvi abrir um dia nos meus canais (blog, Insta, newsletter) para postar fotos de cães e gatos para adoção. Em 5 anos de Guia Pet Friendly, eu nunca havia feito isso, pois não queria misturar assuntos, a temática do Guia era outra. Mas quando me dei conta que eu tinha 52 mil pessoas (de forma orgânica) seguindo nossa conta pelo Instagram, um mailing de seis mil nomes, 15 mil acessos no blog pelo mês, entendi que era meu dever abrir o espaço. Aqui estão os pets para adoção.

Espero que outras contas (pequenas ou grandes, não importa) sigam o exemplo. Quanto mais compartilharmos, mais chances os pets que estão em ONGs terão chances de serem adotados. É pura matemática e amor.

Lembrando que foi assim que eu adotei o Cozumel e a Ella. O Cozu foi por e-mail. A Ella por mensagem via facebook. Toda a vez que posto a foto de um pet, penso que ele pode ser um Cozu/Ella e encontrar uma Cris para chamar de sua.