Transforme o banho em amor

E como fica o banho da cachorrada em meio a quarentena? Bem, temos algumas opções: checar se a pet shop que ele está acostumado a tomar banho e você confia (!) oferece serviço de delivery, contratar uma pessoa para dar banho na sua casa (com luva e máscara) ou você e ele terem um momento juntos. Em outras palavras: o banho ser em casa e dado por você.

Coluna publicada para o Estadão

A Ella (minha cachorrinha -filha) é da raça sharpei e odeia água. Se estamos caminhando e tem uma poça de água no chão, ela pula. Apesar de amar praia, passa longe do mar. E ao chegar na frente da pet shop para tomar banho, não quer entrar. Sharpeis costumam detestar água… Mas hoje eu dou banho na Ella em casa na maior tranquilidade. Como? Vou te contar.

Tempos atrás, a Ella fez uma dermatite no bumbum e o dermatologista recomendou banhos com Sopex e pomadinha. No primeiro dia que a peguei no colo para levá-la ao box do chuveiro, ela parecia uma gato, tentando se agarrar nas portas. No segundo, idem. O terceiro foi um pouco menos traumático. No quarto, tranquilo e o machucado sarou. No quinto, fui tomar banho (era para ser sozinha) e quando olho, a Ella está atrás de mim. Entrei no box e ela veio também. Depois disso, volta e meia, eu a deixava entrar no box e fazia festa. Até que um dia, fiquei sem tempo de levá-la à pet shop e resolvi dar banho em casa. Eu disse sem mudar meu tom de voz: “Ella, vamos tomar banho?”. E para minha total surpresa e alegria, ela me seguiu. O que eu posso concluir: a Ella entendeu que o banho era um momento de amor e cumplicidade e deixou de ser um tormento. 

Para o sucesso do banho, é necessário organização. Nós usamos o shampoo (R$ 39,90) e condicionador (R$ 39,90) da PetBamboo por ser biodegradável (sem parabenos, sal e corantes) e não dar alergia na Ella. Não use shampoo humano, por melhor que seja, porque pode ressecar a pele do cachorro e provocar coceira (isso já aconteceu com a gente). Coloque algodão no ouvido para não entrar água. Se você tiver um chuveirinho, melhor. Como eu não tenho, uso um tapawer grande para encher de água e enxaguar. Deixe duas toalhas à mão e reserve um local limpo para fazer a secagem. Comece usando as toalhas, quando a primeira molhar, pegue a seca. Se tiver sol, use e abuse dele. Senão termine a secagem com o secador de cabelos. Lembre de manter distância do pelo e mexa constantemente (como fazemos ao secar o cabelo). 

O mais importante: faça do banho um momento de vocês: eu coloco um maiô e sento no chão do box, isso me deixa próxima da Ella. Converse com seu pet o tempo todo, cante uma musiquinha para ele, molhe o pelo devagar e transforme o momento de passar o shampoo e condicionador em massagem. Deu certo para nós e como disse antes: a Ella tem pavor de água e poderia ser o cachorro do Cascão, caso o banho fosse sofrimento e não amor.