Raça Shar Pei

Tempo estimado de leitura: 5 minutos

A raça shar pei é de cães da China, conhecida por suas características físicas distintas, como rugas na pele e uma língua azul-preto. Aqui estão algumas informações sobre a raça Shar Pei:

Origens e História:

  • O Shar Pei tem uma história que remonta a mais de 2.000 anos na China, onde era usado para diversas finalidades, incluindo caça, guarda e luta.
  • Durante a Revolução Comunista na China, a raça quase foi extinta, mas alguns exemplares foram preservados em Hong Kong e Taiwan, e a raça foi eventualmente reintroduzida no Ocidente.

Aparência:

  • Uma das características mais distintivas do Shar Pei é a sua pele solta e enrugada, especialmente quando são filhotes. À medida que crescem, algumas dessas rugas diminuem, mas geralmente permanecem em torno da cabeça, pescoço e ombros.
  • Possuem uma cabeça larga, orelhas pequenas, boca e focinho característicos.

Pelagem:

  • A pelagem do Shar Pei pode ser curta e áspera. A cor da pelagem varia, e a raça pode apresentar uma ampla gama de cores, incluindo sólido, fulvo, creme e preto.

Personalidade:

  • São conhecidos por serem leais, independentes e corajosos. Podem ser reservados com estranhos, mas são geralmente afetuosos com suas famílias.
  • Socialização desde filhote é importante para garantir que eles se tornem cães bem equilibrados.

Cuidados e Saúde:

  • A pele enrugada pode requerer cuidados específicos para prevenir infecções, e a limpeza regular é recomendada.
  • A raça pode ser suscetível a alguns problemas de saúde, como displasia de quadril, entropia ocular (um problema ocular) e febre do Shar Pei (uma condição inflamatória da pele).

Exercício e Treinamento:

  • Embora não sejam extremamente ativos, precisam de exercícios regulares para manter a saúde física e mental.
  • O treinamento desde filhote é essencial, pois são cães inteligentes, mas podem ser teimosos.

Lembre-se de que as características individuais dos cães podem variar, e é sempre importante conhecer o histórico específico de um animal antes de considerar a adoção. Além disso, a socialização e o treinamento adequado são fundamentais para criar um Shar Pei bem ajustado.

Bate-bola com Cris Berger, mãe da Ella

Como é ter um shar pei?

Amo a sensibilidade da Ella, como ela observa o mundo, seu ritmo mais calmo. É elegante, doce e sedutora quando quer e com quem conhece. A sua teimosia requer muita paciência. Ela aceita comandos, mas checa se eu vou mudar de ideia antes de executá-los. Obedece e segundos depois tenta fazer novamente o que quer. Ela não desafia, mas é fiel aos seus desejos, o que a faz ser ser insistente. Até demais. A Ella é dorminhoca, o que permite que eu trabalhe horas escutando seu ronquinho gostoso. Silenciosa, se comunica com o olhar fixo. Gosta de todas as pessoas e cães, não tenho certeza de que a raça é assim, acho que não. Seu potencial de energia é baixo, gosta de tomar sol apesar de ser intolerante ao calor excessivo. Ela é fabulosa!

raça shar pei

Pontos fortes?

A Ella não vocaliza, é silenciosa. Extremamente higiênica, não faz xixi dentro de casa. Dorminhoca, é companheira de trabalho, leitura e filmes. Essas são características da maioria dos shar peis. Dócil, tem um temperamento espetacular com todos os cães e pessoas. Eu tenho confiança e tranquilidade de ir a qualquer local com ela, mas não posso afirmar que isso aplica-se a todos os shar peis.

Pontos fracos?

Um desafio constante. É uma raça extremamente delicada, que precisa de cuidados especiais em termos de saúde. Gasta-se fortunas com veterinário.

Pretende ter outro?

Se eu tivesse certeza que teria o temperamento doce da Ella, sim.

Qual conselho você dá para quem quer ter um?

Você precisa gostar de cuidar e ter recursos financeiros para dar uma boa alimentação e fazer check us regulares. Shar pei é para “profissionais” na arte de cuidar. Eles também são sensíveis de temperamento, somatizam se não estão felizes e adoecem. É uma das raças mais antigas do mundo.

Quer dicas pet friendly?

Baixe agora mesmo todos os e-books do Guia Pet Friendly e tenha muitas dicas de hotéis e restaurantes pet friendly.

Confere a sessão de locais pet friendly e use nosso buscador com filtros e categorias. Você seleciona o tipo de estabelecimento, cidade e bairro, condição climática, tamanho do pet e tipo de mesa (para restaurantes). É demais!

E, claro, inscreva-se no nosso YouTube para acompanhar todos os podcasts e webseries.

Também segue a gente pelo Instagram.

E entra no nosso grupo de WhatsApp para não perder nenhuma dica e receber promos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *