raça Dachshund

Tempo estimado de leitura: 5 minutos

A raça Dachshund, também conhecido como Teckel ou Cofap (nome utilizado no Brasil), é uma raça de cão de origem alemã, caracterizada por seu corpo longo e baixo, pernas curtas e orelhas caídas. Aqui estão algumas características distintivas dessa raça:

História

A raça tem uma história que remonta ao século XVII na Alemanha, onde foi desenvolvida para caçar texugos (daí o nome “Dachshund”, que significa “cão texugo” em alemão). Sua estrutura alongada permitia que se movessem dentro das tocas dos texugos, que são animais de pernas curtas e atarracados, de pelagem castanha ou negra, carnívoros que pertencem à família dos mustelídeos (dos furões, doninhas, lontras)

Corpo

  • O corpo do Dachshund é longo, com uma estrutura forte e bem proporcionada. Eles têm uma coluna vertebral alongada, o que os torna únicos entre as raças de cães.

Pernas

  • As pernas curtas e robustas são uma característica marcante dos Dachshunds. Existem três variedades de Dachshund em relação à pelagem: pelo curto, pelo longo e pelo duro (ou cerdoso).

Cabeça e Orelhas

  • A cabeça é proporcional ao corpo, com um focinho moderadamente longo e orelhas caídas. As orelhas podem ser longas e caídas ou curtas e levemente arredondadas, dependendo da variedade.

Pelagem

  • Existem três tipos de pelagem nos Dachshunds: pelo curto, pelo longo e pelo duro (ou cerdoso). As cores variam amplamente e podem incluir tons de vermelho, preto, chocolate, creme, entre outros.

Personalidade

  • Dachshunds são conhecidos por serem corajosos, curiosos e, às vezes, teimosos. Apesar de seu tamanho compacto, são frequentemente percebidos como cães valentes e determinados.
  • Eles geralmente são carinhosos com seus donos e podem ser excelentes companheiros de família.

Atividade Física

  • Embora tenham pernas curtas, os Dachshunds são cães ativos que apreciam atividades físicas regulares. No entanto, é importante monitorar sua atividade para evitar problemas na coluna vertebral, já que eles são suscetíveis a condições como a hérnia de disco.

Dachshunds são animais de estimação populares em muitas partes do mundo devido à sua personalidade única, tamanho gerenciável e variedade de pelagens. No entanto, é importante considerar suas necessidades de saúde específicas, especialmente em relação à sua coluna vertebral, e proporcionar atividades adequadas para seu temperamento ativo.

Bate bola com a Luiza, mãe do Nano e da Nala

raça Dachshund

Como é ter um dachshund?
Eles têm muito mais energia do que aparentam. Além disso, são doces, engraçados e vão sempre querer estar do seu lado. Nano e Nala são completamente diferentes entre si, mas ambos inteligentes e com muita personalidade. Nos passeios eles amam farejar, cavar e de brincadeiras que simulam caça: como buscar e encontrar objetos, principalmente quando estão escondidos dentro de tocas. Nala e Nano costumam vocalizar, principalmente quando estão animados.

Pontos fortes?
São extremamente leais, carinhosos e sensíveis.

Pontos fracos?
O fato de serem cães condrodistróficos (raças com o eixo dos ossos longos torcidos e encurtados) é o maior deles. O Nano teve hérnia de disco e perdeu o movimento das patas traseiras. Eles são muito fortes e tem uma capacidade de adaptação fora do comum.

Pretende ter outro dachshund?
Se você me perguntasse isso até o dia 13/10/2023 eu diria que sim, sem sombra de dúvidas.
Mas depois da hérnia de disco não tenho 100% de certeza.

Qual conselho você dá para quem quer ter um dachshund?
Eles são especiais demais, mas lembre que prevenção é a palavra mais importante de todas.
Nnão estimule ele a pular para ganhar as coisas (brinquedos e comidas), nem para subir e descer de sofás e camas, tenha uma rampa e ensine ele a utilizá-la ou restrinja o acesso! Socialização: eles se dão muito bem com humanos e outros cães desde que devidamente socializados quando filhotes. Se necessário, busque um adestrador nessa fase. Cuide muito bem da alimentação, o sobrepeso também é muito perigoso para a coluna deles.

Instagram do Nano e da Nala.

Dicas Pet Friendly

Baixe agora mesmo todos os e-books do Guia Pet Friendly e tenha muitas dicas de hotéis e restaurantes pet friendly.

Confere a sessão de locais pet friendly e use nosso buscador com filtros e categorias. Você seleciona o tipo de estabelecimento, cidade e bairro, condição climática, tamanho do pet e tipo de mesa (para restaurantes). É demais!

E, claro, inscreva-se no nosso YouTube para acompanhar todos os podcasts e webseries.

Também segue a gente pelo Instagram.

E entra no nosso grupo de WhatsApp para não perder nenhuma dica e receber promos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *