raça Border Collie

A raça border colie faz parte dos cães mais populares no Brasil. Cães de pastoreio, vieram para as cidades e são indicados para tutores que possam entregar o gasto enérgico que a raça necessita.

Origem e História:

  • O Border Collie é uma raça de pastoreio originária da região de fronteira entre a Inglaterra e a Escócia, daí o nome “Border”.
  • Esses cães eram tradicionalmente usados para ajudar pastores na condução e no manejo de rebanhos.

Aparência:

  • São cães de porte médio, ágeis e bem proporcionados.
  • Têm uma expressão alerta, olhos ovais e orelhas eretas.
  • A pelagem é geralmente dupla, com uma camada externa mais densa e uma camada interna macia.

Personalidade:

  • Os Border Collies são conhecidos por sua inteligência excepcional e habilidades de trabalho.
  • São cães altamente energéticos, dedicados e obedientes.
  • Eles tendem a formar laços fortes com seus donos e podem ser reservados com estranhos.

Atividade Física e Treinamento:

  • Esses cães são extremamente ativos e precisam de exercício físico e mental regular para evitar o tédio.
  • São altamente treináveis e se destacam em várias atividades, como pastoreio, agility, obediência e outros esportes caninos.

Cuidados com a Pelagem:

  • A pelagem do Border Collie requer escovação regular para manter-se limpa e evitar emaranhados.
  • Durante períodos de muda, eles podem soltar mais pelos, e a escovação frequente ajuda a controlar a queda de pelos.

Saúde:

  • Geralmente, os Border Collies são uma raça saudável, mas podem estar predispostos a algumas condições, como displasia de quadril, problemas oculares e epilepsia.
  • Uma dieta saudável, exercícios regulares e check-ups veterinários são essenciais para sua saúde.

Adequação como Animal de Estimação:

  • São excelentes animais de estimação para famílias ativas que podem atender às suas necessidades de exercício.
  • Precisam de estímulo mental e desafios para evitar o tédio.
  • O treinamento precoce e consistente é importante para canalizar sua inteligência de maneira positiva.

Os Border Collies são conhecidos como uma das raças de cães mais inteligentes e trabalhadoras, e sua versatilidade os torna populares em várias atividades caninas.

Bate bola com a Dani, mãe da Maya

Como é ter um border collie?

É um desafio empolgante. O border collie te coloca em movimento tanto fisicamente, quanto mentalmente. São exímios comunicadores, mas vocês precisam aprender juntos como construir este diálogo e se isto acontecer com qualidade o vínculo que se formará entre tutor e o border é algo inexplicável. Ter um border collie é ter um fiel companheiro para todas as aventuras, a Maya curte baladinha, um final de semana subindo montanhas e pulando no rio, mas também ama horas e horas de conchinha enquanto eu maratono uma série. Ter um border collie te modifica, exige empenho, energia e dedicação.

Pontos fortes?
São cães rústicos e cheios de energia e se a intenção é trazer eles para seu ritmo de vida prepare-se para dar um up na rotina. São carinhosos, a Maya ama um colo e se encaixa toda apesar do tamanho.
Em geral aceitam bem humanos e outros pets e se afeiçoam facilmente com pouco tempo de convivência. Depois de estabelecida uma comunicação saudável são ótimos em responder comandos prontamente, é comum você observar um border collie olhando o tutor buscando aprovação (ou não) para fazer algo. Se adaptam facilmente à situações, lugares e rotinas novas. Quase não vocalizam e a pelagem não exige banhos periódicos.

Pontos fracos?

São emocionalmente muito sensíveis devido a inteligência e a necessidade de estar em movimento. O senso de observação gera certa sensibilidade emocional. É comum cães da raça inseguros, ansiosos, com esteriotipias e até reativos por erros de manejo do tutor. A seleção genética do border collie faz com que sejam cães com alto potencial de perseguição (pastoreio) de coisas em movimento, o que no convívio social pode ser direcionado à crianças correndo, bicicletas, outros cães, é necessário que o tutor saiba direcionar esta característica. Tem alto potencial de destruição em caso de direcionamento deficiente e rotina ociosa. Soltam pelo durante todo o ano. Precisam de treino para direcionar a famosa inteligência para que maus comportamentos não se tornem hábitos.

Você pretenter outro border collie?

Sim, gostaria muito, mas entendo que atualmente não conseguiria atender a demanda de dois border collies, moro em apartamento e atualmente consigo suprir as necessidades da Maya, que é um border collie bem atípico e bem mais calmo que a grande maioria dos cães da mesma raça.

Qual conselho você dá para quem quer ter um border collie?

Estude muito, conheça a raça, as características genéticas específicas da linhagem do seu border, aprenda a observar e principalmente tenha tempo e disponibilidade para inserir uma rotina de qualidade com seu cão no seu dia-a-dia, isto com certeza é requisito essencial para ter um border collie.

Quer dicas pet friendly?

Baixe agora mesmo todos os e-books do Guia Pet Friendly e tenha muitas dicas de hotéis e restaurantes pet friendly.

Confere a sessão de locais pet friendly e use nosso buscador com filtros e categorias. Você seleciona o tipo de estabelecimento, cidade e bairro, condição climática, tamanho do pet e tipo de mesa (para restaurantes). É demais!

E, claro, inscreva-se no nosso YouTube para acompanhar todos os podcasts e webseries.

Também segue a gente pelo Instagram.

E entra no nosso grupo de WhatsApp para não perder nenhuma dica e receber promos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *