Plano de saúde pet é para ajudar, certo? #SQN

AvalComo eu me sinto? Chateada! E já faz um bom tempo… Você contrata um plano de saúde pet pensando em que? Poder oferecer o melhor para o seu filho de quatro patas. Mas o que acontece na prática? Passa por um tremendo stress e burocracia na hora que mais precisa. Isso tem que ter fim. 

Lembro que a primeira coisa que perguntei ao contratar o Health for Pet foi: vocês cobrem o hospital veterinário Pet Care? A resposta foi sim. Eu só contratei o plano porque cobria este hospital, que eu já conhecia e confiava. O Cozumel (meu cocker que faleceu em novembro de 2014 bem velhinho) foi tratado lá. Gastei minhas economias com ele, cerca de R$ 50.000,00. Ou seja, temos de estar preparados ou ter um plano de saúde (que funcione!). 

Decepção 1

Seis meses depois de eu contratar o plano, do dia para noite, sem nenhum aviso, o Pet Care deixou de fazer parte dos hospitais conveniados para casos de emergência. Para fazer exames ou consultas médicas no Pet Care é necessário ligar no concierge da H4P, pedir autorização e esperar sete dias úteis por uma resposta. Veja bem: uma resposta que pode ser negativa ou positiva. Convenhamos, senhoras e senhores, quando precisamos marcar uma consulta é porque algo vai mal com o nosso cachorro/gato e não podemos (e nem devemos) esperar! #indignação

Decepção 2

Engoli revoltada esta decisão do plano e quando tive situações de emergência fui até a Petz da Avenida Pacaembú, que é 40 minutos da minha casa, sendo que o Pet Care é 10.

Mais de uma vez, ao chegar na Petz e passar por consulta precisei fazer exames para poder diagnosticar a causa do que estava deixando a Ella doente. Se já não bastasse eu estar preocupada e com o coração na mão devido o estado de saúde da Ella, eu ainda ficava aflita porque a H4P negava o exame. Quando isso acontece, a atendente da Petz precisa ligar e pedir autorização ao plano. Mas vejam bem: eles não atendem o telefone! Simplesmente não atendem!!!

Descobri que isso acontece sempre (palavras da atendente). E que muitas pessoas não conseguem a liberação.  

Decepção 3

O que era ruim ficou pior. Explico: apareceu uma lesão na patinha traseira da Ella. O dr. Luiz – dermatologista da Ella, que a curou da sarna demodécica depois de inúmeras tentativas frustradas com outros médicos, atende pelo Pet Care. O que eu fiz? Escrevi para o concierge, expliquei o problema, fotografei a lesão e pedi liberação da consulta. Para minha total supresa, eles disseram que eu preciso passar por uma veterinária de clínica geral, associada ao plano, para que ela faça um relatório e enviei a eles. Mas que burocracia é esta?

Ok, me dei por vencida e marquei. Perdi meio turno de trabalho, gastei em locomoção, mas com o pensamento: a Ella é prioridade. Fui atendida por um veterinário clínico geral, que não é especializado em dermatologia. 

A H4P quer que um médico credenciado deles faça a consulta, tente resolver a situação e só depois disso (caso o pet não melhore) encaminhe para um especialista. Ou seja, eles não querem liberar consultas!! Isso é um absurdo e descaso com os pacientes.

PARA TUDO! Foi quando pensei: “Por que eu não vou consultar com o dermatologista da Ella? Que é um médico especializado em pele, que a conhece e sabe do seu histórico?”

Imagina eu fazer um tratamento de 21 dias, que talvez não dê certo, que não foi receitado por um especialista em pele! Só porque a H4P resolveu deixar ainda mais impossível usar o plano? Porque eles querem economizar! Eles não vão me ganhar no cansaço. Não vão

Queremos mudança!

Portanto, eu resolvi expor minhas dores e exigir que o H4P de fato seja bom na minha vida e de todas as pessoas que a contrataram! E não mais um motivo de indignação e dor de cabeça.

Nada é mais importante do que a Ella. E ela terá o melhor médico, o melhor hospital e todo o cuidado do mundo. Contratei o plano para que não me falte recursos.  Mas o que adianta pagar R$ 281,00 por mês do plano Premium se é quase impossível utilizá-lo?