Pets especiais

Pós adoção

Quando adotamos um Pet especial, na maioria das vezes nem imaginamos o trabalho e as lutas diárias que teremos.
Não foi diferente com a Olivia…
Logo no primeiro dia tivemos a primeira surpresa, ela tinha uma escara de decúbito, um ferimento onde podíamos ver seus ossos, isso acontece por conta do animal não se locomover e ficar na mesma posição por muito tempo.
Foram longos 30 dias de tratamento, curativos, remédios, aprendemos que ela necessitava que a virássemos com frequência de posição, até que um dia a escara se fechou 100%.
E quando achamos que tudo havia acabado, veio a dificuldade com a cadeirinha…
Olivia não tinha forças pra se sustentar, sua musculatura era frágil, e ela precisava de muitos exercícios, mas acima de tudo, muita paciência e amor.
Buscamos ajuda de um adestrador, para que ele ensinasse a ela que o momento na cadeira era a hora de sentir a sua liberdade, e lá fomos nós mais uma vez…
Durante 4 meses aproximadamente, fizemos os treinos, sentimos medo, vontade de desistir, um misto de sensações, mas o amor por essa peluda era tão grande, que decidimos ser fortes e continuar até conseguirmos!!
Percebemos que ela precisava de fisioterapia, então unimos o adestramento e a fisio, e as coisas começaram a acontecer.
O corpo da Olivia começou a mudar, seus músculos começaram a reagir, ela estava ficando forte e pronta para dar seus passos, e logo nos surpreendeu, pois não somente andou, mas arriscou uma super corridinha…
Nós humanos, muitas vezes desistimos rápido daquilo que não é fácil de conquistar… mas com a Olivia aprendemos que a dificuldade foi necessária, mas com ela a força para lutar aumentava!!
E vcs acham que acabou???
Esse era apenas um começo de uma longa jornada…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *