Coluna: bate-papo com dog influencers

O Mambo @mambohitsgolden veio nos visitar no Spaces Berrini para matar a saudade da editora chefe Ella @avidadaella e participar da sessão de fotos para esta coluna. Ele chegou chegando e ganhou de presente um kit da Nestlé Purina. Mambo não passa despercebido, loiro e alto, ele literalmente para o trânsito.
cachorros no coworking Spaces Berrini
Ella e Mambo revisando a pauta dos jornalistinhas pet
Quando estava indo embora, a Julie @juliegoldenhits chegou e aproveitamos para fotografar os três juntos. Começamos com o cenário do térreo, que tem um grafite bacana na parede e um sofá a la Friends.
1.) Como aconteceu o Mambo na sua vida? Nos conta a história?
 Meu filho sempre quis ter um cão, um amigo peludo, mas devido a minha profissão e por trabalhar em hospitais fui empurrando por muito tempo, até que na minha aposentadoria ele viu novamente a oportunidade de ter seu Aumigo, estudou sobre as raças e viu qual melhor se adaptaria para nós, incluindo morar em apartamento, fomos conhecer canil especializados na raça Golden e nos apaixonamos pelo Mambinho.
2.) E o nome? Qual foi a inspiração?
 O nome foi inspirado pelo tio Tango e pela irmã Salsa, viemos para casa pensando nos ritmos de música e gostamos de Mambo.
3.) O que ele mais gosta? 
 Bola
cachorros de pé apoiados em mesa
Hora de fazer um crachá para poder subir no Spaces Berrini
4.) Como é um típico dia na sua vida?
 O dia típico do Mambo é bem parecido com a rotina dos humanos, cuida das necessidades básicas, fisiológicas e comportamentais.
 Alimentação:  Mambo faz três refeições ao dia com ração super premium.
 Atividade física:  brinca e corre todos os dias em parques.
 Atividade mental: usamos brinquedos interativos, aulas e treinos diários .
 Atividade social:  frequenta creche e vai em todos os lugares petfriendly comigo , como shopping, restaurante , cabeleireiro, padaria, mercado e aos finais de semana viajamos .
 Necessidades fisiológicas: logo ao acordar , no decorrer do dia durante os passeios na rua , pet espaço no prédio ou em parque e antes de dormir 22:00 horas .
 Higiene pessoal: escovação de pêlos e dentes diário, banhos quinzenais .
5.) Vocês vão à restaurantes pet friendly? E hotéis?
 Sim, só frequentamos restaurante, hotéis ou pousadas que sejam pet friendly.
6.) Qual é o programa que vcs mais gostam de fazer juntos?
 Nosso melhor programa juntos é ir ao parque jogar bolinha.
cachorros em cima de cadeira e banco no Spaces Berrini
Sala do silêncio, para fazer ligações que necessitam de mais privacidade
7.) E a conta do Instagram, como surgiu? O que ela muda na sua vida? Qual é a inspiração para fazer as postagens?
 A conta do Instagram surgiu porque uma amiga me incentivou, ela já fazia uso de redes sociais, como Orkut, etc e dizia ser bem interessante.
 Com o Instagram não mudei muito minha rotina diária , continuamos fazendo as mesmas coisas , porém mudou muito a relação com a mídia, ficamos mais conhecidos, alguns abraçaram o projeto terapia com cães, aumentando o número de cães terapeutas,  inclusive em outros estados, com isso surgiram  mais eventos, reportagens, filmes, parcerias, seguidores querendo nos conhecer pessoalmente, vindo de outros estados, muita emoção e carinho.
 Nossa inspiração para as postagens é mostrar como é o nosso dia a dia, como o adestramento e o comportamento auxiliam na comunicação com seu Pet, convivendo em harmonia, alegria e muito amor, com isso usufruirmos do melhor amor que existe, o deles! Mambo começou adestramento aos 4 meses e como Cão terapeuta com um ano de idade .
cachorros em cima do sofá
Ella e Mambo no coworking, que fica no primeiro andar
8.) Qual é a história mais marcante na vida de vocês? 
 Algumas de nossas histórias marcantes vem das visitas realizadas nos hospitais, uma vez ao entrar no quarto da enfermaria, perguntei a uma criança o que gostaria de ser quando crescesse e ele respondeu, quero trabalhar como vocês, visitando pacientes com cão. Outra foi quando uma paciente operou a vista e não queria abrir os olhos por medo, fazia 7 dias da cirurgia, quando chegamos na visita e avisamos que os cães estavam lá para brincar, na hora ela abriu os olhos e correu para abraçá-lo, a mãe não tinha palavras para agradecer e nem precisava, são anjos.
 No asilo um senhor de 87 anos já não mexia mais seus braços e ao despedirmos após um ano de visitas ele estendeu os braços puxando o Mambo para seu rosto.
9.) Se o Mambo falasse, o que ele lhe diria?
 Com certeza seria “Vamos jogar bolinha mamãe!”
10.) E qual é a sua frase para ele? 
 “Te Amo muito meu filho.”