Sextou no Hilton

Claro que o Hilton Morumbi é uma boa opção para quem mora fora de São Paulo e precisa uma hospedagem pet friendly na capital paulista, mas este texto é para dizer que ele pode e deve ser cogitado como uma “escapada”. Sabe quando a gente precisa fazer um programinha diferente? Por exemplo, eu e a Ella temos CEP fixo em Sampa, mas precisávamos sair de casa, sem sair da cidade, para renovar as baterias.

Ella: em cima do balcão do check in!

Hotel pet friendly!

Chegamos no final de tarde da sexta-feira. E do momento que pisamos no hotel até a hora de ir embora fomos extremamente bem tratadas: a Ella foi paparicada por todos. Realmente a presença de um pet no hotel não é uma novidade, nem sabida por uns e não por outros funcionários. A política já faz parte da casa. Pontos para o Hilton.

Peça por um quarto com direito a Estaiada

Essa foi nossa terceira temporada no hotel e já sabíamos que os quartos mais bacanas são da ala reformada com vista para a Ponte Estaiada. Em 2019 ficamos no 1001. No último final de semana de janeiro de 2020 ganhamos o 1301.

É impossível entrar no quarto e não ficar maravilhado com a imagem da Estaiada tão grande. É realmente uma vista de camarote. Construída em 2008, representa um dos cartões postais mais importantes de SP e é a única ponte do mundo que possui duas pistas com curvas ligadas a um mastro.

Sextou no Hilton

Chegamos a tempo de fazer a foto da Ella com o jornal Estadão: toda sexta publicamos nossa coluna pet friendly no suplemento SEXTOU. E ainda fizemos uma LIVE de duas horas pelo Instagram.

Ella conferindo sua coluna pet friendly publicada no SEXTOU do Estadão

Finalmente, demos a largada para as 48 horas de mimos e relax. Abrimos os serviços com os chocolates e vinho que nos foi dado de boas-vindas (fofos). Mais tarde, pedi uma sopinha de tomate que estava divina.

Café da manhã de respeito!

Na manhã seguinte, acordamos sem pressa e pelas 10 horas descemos para o café da manhã que é servido no Armazem, restaurante do hotel que também serve brunchs aos finais de semana a partir das 12h30. Investimos nas ilhas de ovos e tapioca e usamos o processador que espreme frutas e vegetais na hora, apenas apertando um botãozinho.

Ellinha modelando para o Guia Pet Friendly

Acomodamos a Ella aos pés da mesa, deitadinha no colchonete dela da Chill.

Tarde de preguiça no Hilton

Voltamos para o quarto plenos e satisfeitos depois do super café da manhã. O resto do dia, enquanto na rua caia uma chuvinha fininha e constante, dormimos e descobrimos que a TV a cabo do hotel é ótima. E o que falar do lençol ultra macio e do edredon fofinho?

Room service: amo!

Apenas no final de tarde, a fome começou a dar sinais de vida. Sugeri fazermos um programa que adoro: pedir o jantar pelo room service. Uma mesa de apoio, perto da janela, com vista para a Estaiada foi o local perfeito! A sensação era de estarmos jantando em um restaurante. Óbvio que se saíssemos eu ia consultar nosso blog ou App para procurar um local pet friendly, mas confesso que foi delicioso ficar no conforto do hotel e ter a Ellinha deitada na cama entre longos cochilos. Eu pedi por uma moqueca que estava ótima! O Marcelo optou por um prato coreano e também adorou. E a Ella, mais uma vez, fez seu show e pousou para a foto.

Massagem relaxante bem acompanhada

No dia seguinte eu havia marcado uma massagem sueca (relaxante) no Spa Amazonian, que fica no 28 andar do Hilton. Por trinta minutos relaxei na maca quentinha, no quarto com aromas relaxantes e música calminha. E o melhor? A Ella teve permissão de entrar! Na saída, sentamos na salinha para tomar um cházinho de mel com camomila.

Minha parceira de todas as horas!

Ainda demos um mergulho na piscina grande e relaxamos na jacuzzi olhando o céu através da claraboia que toma conta de todo o teto e parede lateral. Afinal, lá está a Estaiada exibida e radiante.

Estaiada de todos os locais! Nessa foto, da janela do nosso quarto.

Descemos a tempo para nos mimarmos novamente com o super café da manhã e depois repetimos as horas de preguiça do dia anterior no quarto 1301. Saímos renovados e pensando quando será nossa quarta temporada no hotel que aceita pets até 34 quilos e respeita nossos filhos peludos do jeitinho que a gente gosta.