Eleições 2020

Eleições à vista! Você já sabe em quem vai votar no dia 15 de novembro?
Nós analisamos o trabalho de alguns candidatos, que têm como causa o bem-estar animal e relacionamos para você, caso ainda tenha dúvida de quem merece o seu voto:


Toinha Rocha – Fortaleza
Ana Rita Tavares – Salvador
Toninho Vespoli – São Paulo
Armandinho Ferreiro – São Paulo
Roberto Tripoli – São Paulo
Edu Leporo – São Paulo

Cuidado com os candidatos oportunistas, que não entendem da causa animal e querem tirar proveito de quem ama os animais.
O que deve ser observado/investigado:

– Faça uma análise da carreira política: o candidato já apresentou e aprovou PLs (projetos de lei) nessa área? Trabalha na área a algum tempo? Seu discurso é coerente com as necessidades/problemas dos animais da cidade?


Abomine o candidato que oferece favores individuais, à determinadas pessoas ou instituições. E lembre-se, nem sempre um profissional da área animal (veterinário ou protetor) será um bom político, pois o candidato precisa entender de administração pública e ter um bom plano de governo.
Os principais pontos a cuidar:

  • Fazer um diagnóstico dos problemas locais
  • Manejo das populações de cães e gatos ( Controle reprodutivo: campanha de castração permanente e gratuita nos bairros de maior vulnerabilidade)
  • Educação sobre guarda responsável para que não haja abandono e maus tratos
  • CENSO ANIMAL COM registro de cães e gatos com microchipagem;
  • Prevenção de zoonoses
  • Delegacias para receber as denúncias de maus tratos
  • Combate no tráfico de animais silvestres
  • Combate na criação e venda clandestina

O prêmio “Cidade Amigas do Animais” elegeu Curitiba como cidade modelo. Todos as cidades ganhadoras estão publicadas no e-book que pode ser acessado em https://www.worldanimalprotection.org.br/