De um caixote de feira à Netflix

Era agosto. O ano de 2017. Fazia frio. Foi um inverno rigoroso. Poderia ter sido mais um final de semana com os amigos fazendo downhill na Riviera Paulista, mas aquele sábado mudaria a vida da cachorrinha, de pelagem amarela e sem raça definida, que estava dentro de um caixote de feira e do empresário Gabriel Pego, que gostava de esportes de aventura. 

Logo que ele chegou na beira da represa viu a Yellow. Bem, ela ainda não chamava assim, nem deveria ter nome, talvez morresse de frio e fome se eles não tivessem se encontrado. O fato é que foi um dia que puderam brincar e, sem mesmo perceberem, ficaram amigos. 

Quando chegou a hora de ir embora, ele se despediu dela. Pedalou alguns metros e o coração apertou. Deu meia volta e foi procurá-la. Por sorte dos dois, a encontrou. Como era pequena conseguiu colocá-la dentro da sua camiseta, as patinhas ficaram para fora apoiadas no seu ombro. Naquele momento, ele entendeu que acabara de encontrar sua nova parceira de pedal. 

Se eu parasse por aqui, a história deles já teria sido linda, mas ela foi adiante. Gabriel começou a investigar uma forma de carregar a Yellow durante suas pedaladas, pois logo percebeu que ela gostava de sentir o vento no rosto. Claro, o que ela apreciava mesmo era estar com ele, pois cachorros são os melhores companheiros. Além de carregar este amor sublime, que os humanos não tem capacidade de sentir de forma incondional.    

 “No começo usei uma mochila comum com zípers dos dois lados, porém machucava a minha coluna e as patinhas dela. Tentei os cangurus, mas eles também não funcionaram. Pesquisei algo mais específico e não encontrei”, revela Gabriel.

Até então no mercado só existiam as cestinhas para serem acopladas na frente da bicicleta, o que não era viável pois os percursos de bicicleta aconteciam em solos irregulares. Foi a necessidade de transportá-la com segurança que fez com que ele criasse um modelo de mochila para ser levada nas costas com alças no formato de um X oferecendo assim estabilidade. Mas isso levou um tempo para acontecer. Como todo projeto de sucesso, Gabriel precisaria receber alguns “nãos” da vida e perseverar para alcançar seu sonho. 

Na virada de 2018 para 2019, tentou convencer o designer de artefatos Wesley Izidoro dos Santos a costurar a mochila, mas existia a necessidade de um pedido mínimo e faltava capital para investir. O projeto estacionou. Resignado, seguiu trabalhando com vendas de roupas pela internet e quando o seu negócio esfriou, resolveu voltar a mexer na velha ideia, que nunca havia sido esquecida. 

Mais uma tentativa foi feita e, dessa vez, Wesley resolveu dar um voto de confiança, deu 45 dias para o Gabriel pagar.  Nesta altura do campeonato, a conta da Yellow no Instagram havia sido lançada, as pessoas estavam apaixonadas pela história da adoção da sua vira lata caramelo e ele sentia-se confiante. “Era época de Natal, vesti a Yellow de Mamãe Noel, a fotografei, imprimi adesivos e fui ao Parque Ibirapuera divulgar nosso trabalho. Viralizou. Os pedidos chegaram e vendemos nossas primeiras 100 mochilas em 25 dias”, relembra o pai da Yellow.  

De lá para cá, 5 mil mochilas já foram vendidas e este número tende a multiplicar em um curto prazo de tempo, afinal, o Gabriel e a Yellow acabaram de ganhar o prêmio de 200 mil reais no programa “Ideias à Venda”, exibido pela NetFlix. “O processo seletivo foi conturbado, cheguei a pensar que não seria chamado, mas deu tudo certo. Na hora senti receio, apesar de estar seguro. Conseguimos 100% de aprovação! Com este aporte, vamos expandir a produção das mochilas e atender a demanda dos lojistas, pois até agora vendemos apenas pelo nosso site. Além de lançar coleiras de aventura”, conta satisfeito. 

Quando soube da cachorrinha SRD Costelinha, que anda de bicicleta nos braços do José Carlos, de 16 anos, residente de Cariri, no nordeste do Brasil, Gabriel lembrou do comecinho da sua jornada e enviou uma mochila para eles. E, assim, Gabriels e Yellows e Josés e Costelinhas nos emocionam e provam, o que já sabemos: o cachorro é o melhor amigo do homem!