Cine Pet | Meu Amigo Enzo

cachorra Ella no cinema Cinesystem
Ella: minha melhor amiga!

Sonho que se sonha junto é realidade, já dizia Raul Seixas. Tenho certeza de que o sonho de ir ao cinema com o cachorro é o desejo de muita gente. Sempre foi o meu! E confesso: fico MUITO feliz de ver uma sala de cinema abrindo as portas para os pets lovers. Aplaudo de pé esta iniciativa do Cinesystem localizada no Morumbi Town shopping em São Paulo e em diversas cidades do Brasil! Ela possibilita que o público possa comprar um ingresso e ver um filme. Democrático: simples e bom assim.

Meu Amigo Enzo

No sábado 17 de agosto foi a vez de eu e a Ella vermos “Meu Amigo Enzo”, filme escolhido para a terceira sessão do “Cine Pet” aberta ao público. E para começo de conversa, deve dizer: verei de novo. Há tantas minúcias e frases ditas durante o filme que são ensinamentos de vida. Sempre achei que o cinema tivesse este poder: ensinar, falar com a gente e gerar mudanças. Além de emocionar! Sou uma apaixonada pela sétima arte! Se eu pudesse, iria ao cinema todos os dias.

mulheres com cachorro dentro do cinema
Cris e Ella com a amiga Fer (a Amora estava doente e não pode ir)

Muito mais que um cachorro

Porque “Meu Amigo Enzo”, na minha opinião, é o melhor filme com o tema pet dos últimos tempos? Talvez o melhor que eu já tenha visto? Porque ele trata de vida e consegue falar com quem tem uma relação profunda com seu cachorro. A expressão animal de estimação anda me incomodando. A Ella é minha melhor amiga, minha família. É prioridade e tem toda a minha atenção. E esta é a primeira grande sacada do filme: o diretor Simon Curtis consegue colocar o golden Enzo onde muitos cachorros estão: no porta retrato das fotos de família.

Antes de começar o filme, quando as pessoas ainda estavam chegando, percorri o cinema e fiz algumas fotos. Sabe? Fiquei emocionada de ver humanos e pets curtindo uma telinha lado a lado. Lindo, muito lindo mesmo!

Enzo narra o filme

Seu pensamento conduz a história. Sua “visão de cachorro” aparece algumas vezes de forma divertida, mas grande parte do tempo ele entende o mundo como um humano. Mas não um humano supérfluo, ele é sensível, lê as pessoas, entende os momentos, dá suporte e o mais importante de tudo: está junto. A cena final é de uma beleza tocante, de arrepiar.

imagem de Meu Amigo Enzo
Esta cena é de arrepiar!

Ah! Prepare-se para chorar. Chorar muito. As lágrimas escorrem sem o mínimo controle. Enquanto o personagem principal vive seus dilemas, Enzo entende seu papel, legado e importância. A história não é sobre ele, mas como sua presença é vital na vida de cada um dos personagens. Ele é um amigo, o melhor amigo! Por isso, gosto mais de chamar a Ella de amiga do que de filha. Ao lado dela nunca me sinto só. E esta é a grande missão dos cachorros, né? Nos amar de uma forma única e necessária.

crianças e cachorro na sala de cinema
Sim, eles fazem da família e da programação! Muito bem #orgulho