Roteiro em Brotas

O Mikan, nosso jornalistinha pet, esteve em Brotas, interior de São Paulo, e se aventurou pelos rios e trilhas desta cidade conhecida pelo DNA “radical”. Abaixo, ele nos conta o que mais gostou, apresenta um roteiro de três dias e prova que mesmo um estagiário pode fazer um bom trabalho 🙂 Com vocês, o mais novato e descolado da turma. Seja bem-vindo, querido Mik! Tua editora chefe Ellinha está muito orgulhosa de ti. Espero que vocês gostem do texto “Brotas e suas aventuras pet friendly” como nós!

Jornalistinha pet: Mikan, o Estagiário! @mikan.shiba Local: Brotas, SP

Brotas é uma ótima opção para quem gosta de natureza e quer curtir cada momento com seu pet! Aqui vamos compartilhar um roteiro de três dias com muitas aventuras e diversão!

Hospedagem: Ficamos hospedados na Pousada Pé na Terra; ela fica um pouco afastada do centro da cidade, mas nada que 10 minutinhos de carro não resolvam. A pousada é bem ampla é tem muita grama para os peludinhos correrem soltos! O restaurante é aberto, o que permite a presença de animais nas mesas externas!

Em noites mais frias, a pousada acende uma fogueira muito aconchegante, onde podemos relaxar, jogar uma boa conversa fora e nos aquecer com os nossos pets!

O serviço é ótimo! Na recepção nos ajudaram a encontrar os melhores passeios, com as melhores paisagens e claro, todos aqueles onde nossos pets são bem-vindos!

Endereço: Rua Cubatão, 3000 – Chácara Kampai, Brotas 

Roteiro pet friendly em Brotas

Dia 1: Nosso passeio começou no Viva Brotas Eco parque; a pousada Pé na Terra tem parceria com eles e ganhamos os tickets de entrada (o preço regular por pessoa é de R$ 29,00 e os pets não pagam). O parque conta com inúmeras atrações como tirolesa, queda livre e rapel. Porém a única programação que conseguimos realizar com os pets é a trilha autoguiada. É um caminho bem rústico com subidas, descidas, pedras e córregos. 

Depois de tanto sobe e desce, a recompensa é maravilhosa: chegamos na Cachoeira Santa Eulália que tem 47 metros de queda! É verde para todo lado. O poço é raso e permite mergulhos. Quando fomos o dia estava friozinho. Então, pulamos essa parte e só molhamos os pés!

Duração do passeio: livre Dificuldade do percurso: moderada Horário: quinta à domingo das 9h às 17h

Diquinha: para os humanos é obrigatório uso de calçado preso ao pé como tênis ou papete para participar desta atividade, aconselhamos calçados antiderrapantes, pois a trilha tem muito musgo e ninguém quer escorregar né? 

Endereço: Rodovia BR 50(2km de terra) a 15 min. do centro de Brotas

cachorro olhando para rio
Mik apreciando o visual

No período da tarde, partimos para uma das principais atrações de Brotas, o rafting! SIM, os peludinhos podem participar dessa aventura também!

A agência que realiza a integração “pet + rafting” é a Eco Ação!  Embarcamos em botes individualizados apenas para os pets e seus tutores, o que confere mais conforto e liberdade durante o passeio!  O Mini Rafting é uma modalidade mais branda cujo percurso é realizado no Alto Jacaré, onde as águas são mais calmas. E antes de começar a remar, é claro, somos todos bem instruídos e equipados adequadamente. 

Mas não se engane! Apesar de levar o termo “mini” o passeio tem muita emoção! Partimos da agência em ônibus escolares antigos: aqueles amaremos parecendo de filme, sabe? A aventura já começa cheia de charme 🙂 Nosso instrutor foi o Brasília – uma pessoa bem animada faz toda a diferença né? Com certeza, ele complementou o passeio com muitas risadas e deu uma força enorme para tirar o bote do lugar!

O trecho alterna entre calmaria e emoção! As quedas apesar de menores, garantem um friozinho na barriga. O passeio tem duração de aproximadamente 40 minutos e tem uma pausa em uma prainha onde é possível mergulhar.

Duração do passeio: 40 minutos Dificuldade do percurso: fácil Horário: segunda à sábado 10h e 14h / domingo 9h e 13h (necessário agendar horário) Valor: R$ 78,00 por participante (adultos, idosos, crianças ou pets)

Diquinha: faça alongamento antes de começar a remar e leve uma guia bem firme para segurar o seu pet. Afinal, segurança em primeiro lugar! Vá preparado para se molhar. Roupas impermeáveis e leves garantem mais conforto durante o passeio! 

Endereço: Av. Mario Pinoti, 205 – Centro

cachorro em bote fazendo rafting
Mik no clima de aventura

Para finalizar o dia, fomos comer no Camillo que tem uma área externa aconchegante, um píer urbano. A pedida do dia foi dadinho de tapioca e a sua tradicional pizza de muçarela e 4 queijos!

Endereço: Praça Amador Simões, 61

Bora para o dia 2?

O segundo dia também foi recheado de beleza! Começamos com o pé na trilha novamente 🙂 Destino: Recanto das Cachoeiras. O percurso é mais tranquilo e o caminho urbanizado. Chegando ao parque é possível desfrutar de uma vista maravilhosa de 360º. O lugar é perfeito para tomar uma brisa e relaxar! A primeira caminhada é curtinha e leva até a Cachoeira Santo Antônio que tem uma queda pequena, porém muito charmosa. Não dá para mergulhar por ali. Mas vale caminhar pela mini ponte.

cachorro em mirante
Mik no mirante admirando o visual

Fim da pausa, continuamos na trilha! O caminho é menos acidentado, porém longo e com muitas subidas e descidas. Esteja preparado e use um calçado confortável!  Chegamos na Cachoeira das Roseiras que é uma mistura de mirante com queda d’água. Lindo, perfeito para contemplar a natureza. E olha, tem até “emoção” para atravessar a ponte nas alturas.

cachorro em ponte de madeira
Mik focado no objetivo final

Para quem quiser passar o dia no parque há atrações como piscina, arvorismo e cavalgada. Também tem um restaurante self service que aceita pets na área externa.  Como nessa viagem estávamos com foco em conhecer mais lugares, colocamos o pé na estrada novamente!

Duração do passeio: livre para trilhas Dificuldade do percurso: fácil Horário: todos os dias das 9:00 as 17:00 (exceto feriados) Valor: R$ 70,00 por pessoa, pets não pagam (demais atividades não inclusas). Atenção: o local não aceita nenhum tipo de cartão!  Endereço: Estrada Brotas / Patrimônio – à 16 km do centro de Brotas

A próxima parada foi na Vila Zen onde descobrimos um bistrô irresistivelmente charmoso e aconchegante! Há uma área externa onde podemos ficar com os pets aproveitando a paisagem maravilhosa do jardim! A comida é extremamente saborosa e bem elaborada! Tudo feito nos mínimos detalhes! O atendimento? Perfeito, como todo o local!

pratos de petiscos e cachorro ao lado
entradinhas e Mik ao lado

Tudo tão colorido que até parece montagem. De entrada, pedimos um combo de bolinho de carne seca, dadinhos de tapioca (é de novo tapioca, pois amamos!), batatas rústicas e três molhinhos deliciosos. Para beber, chá misto de gengibre, mel e capim cidreira: ótimo para relaxar depois de tanta aventura! E para energizar, um shake caprichado de pitaya.

O prato principal foi super exótico, como todo o local. A escolha da vez foi um mix de cogumelos acompanhado de abóbora cabotiá e palmito pupunha na grelha, farofa de amêndoas e arroz: lindo e saboroso! E o docinho não podia faltar, né? Pedimos um doce de leite com Ovomaltine e pedaços de uvas. Pense em algo gostoso: era este doce. Finalizamos o almoço com o velho cafezinho expresso. 

Horário: das 11:00 as 16:00 Endereço: Estrada Brotas / Patrimônio – km 15

Por fim, a última parada desse dia foi no Cachoeira Cassorova onde conhecemos a Cachoeiras dos Quatis. O caminho é longo, mas vale a pena. Uma das paisagens mais lindas que vimos em Brotas. O começo da trilha é plano, mas depois têm muitas escadas e partes íngremes. O que na ida foi descida, na volta vira subida! A vista vale muito a pena. Vá!

A piscina natural, que se forma a baixo da cachoeira, permite ficarmos deitados e relaxando na água! Para pets que amam se molhar, é O paraíso! O local é sossegado e “quase” particular. Depois de tanta caminhada é hora de ficar com os pés para o ar ou melhor, dentro d’água.

Duração do passeio: livre para trilhas Dificuldade do percurso: moderado  Horário: todos os dias das 9:00 as 17:00  Valor: R$ 70,00 por pessoa, pets não pagam

Endereço: Patrimônio de S. Sebastião da Serra

Com vocês, o dia 3!

Como não conseguimos conhecer todo o Cassorova no dia anterior, voltamos. Agora, partimos para trilha rumo à Cachoeira Cassorova. São duas etapas, pois a queda é bem alta, tem 60 metros! Uma trilha leva à parte inferior e a outra ao topo. Preferimos começar nas alturas 🙂 Essa caminhada é leve e curta. Para chegar na cachoeira, temos que passar uma ponte bem alta: destas de tirar o fôlego! O Mikan não curtiu muito não… A última parte do passeio foi chegar na parte de baixo. O caminho é um pouco mais acidentado, mas tranquilo de fazer. Chegando lá, ainda tem uma pequena ponte, onde podemos nos sentar e apreciar o som das águas e o canto dos pássaros! O lugar é tão lindo: nos sentimos dentro do quadro “Lago de Lírios” de Monet!

 A última parada para abastecer as energias foi na tradicional lanchonete da cidade, no Luizinho Lanches. Ela fica no centro da cidade na praça Amador Simões e oferece lanches ótimos e bem generosos. E com opção vegetariana. 

hambúrgueres e cachorro deitado no chão
Mik em todas!

E assim, terminou nossa aventura com muita caminhada, energia e em sintonia com a natureza! O melhor de tudo é que ainda pudemos passar todo esse tempo com nosso filho de quatro patas e desfrutar de momentos únicos 🙂 

Brotas com certeza é um destino pet friendly para quem busca aventuras ao lado do seu pet!

Diquinha: sempre carregar água para nos manter hidratados e os pets também! Como são trilhas com muita mata é importante sempre andar com um repelente. Para nós e para os pets. Não esqueça de passar o anti carrapato e pulgas.  Vá com calçados confortáveis e de preferência antiderrapantes.