PetParker

A PetParker foi criada para ser o porto seguro do seu cachorro quando ele não está em casa, longe de você e em locais que não são pet friendly.

Como assim? Você deve estar pensado. Eu explico.

Você vai ao supermercado ou à farmácia e seu pet não pode entrar por motivos óbvios: a vigilância sanitária não permite. O que fazer? Amarrar a guia da coleira em algum lugar? Claro que não, afinal, a chance do seu pet ser roubado, em uma situação como essa, é imensa. A saída, ou melhor, a salvação são as casinhas brancas com detalhes em verde, que foram desenvolvidas com tecnologia e passaram por vários modelos até chegar ao que existe hoje. Não é o máximo? Eu adorei quando conheci.

cachorro cheirando casinha
Ella fazendo reconhecimento de campo

Em outras palavras: ela é uma espécie de airbnb pet, pois é o primeiro sistema de compartilhamento de casinhas de cachorro do Brasil.

Por quanto tempo?

A PetParker são casinhas para o seu cachorro ficar por um tempo de duração de curto a médio. E, aqui, vem a segunda pergunta: curto quanto? Ele pode ficar até 90 minutos, mas a média de tempo é de 30. Ou seja, para uma compra rápida. Não é para deixar seu melhor amigo por horas, ok? Eu não ultrapassaria a primeira meia hora. Você será avisado pelo App a trinta minutos.

Como funciona 

Primeiro, baixe o aplicativo pela App Store ou Google Play. Abre o App e procure os locais que já tenham PetParker (este número cresce a cada dia. No App e no site os endereços são atualizados). Chegando no local, aperte no quadradinho na parte inferior da tela que diz “abrir PetParker” e aponte para o código de barras, que fica ao lado da porta da casinha.

mulher fazendo leitura de QR code na casinha da petParker
Leitura de QR code em andamento!

Seu telefone fará a leitura e em cerca de 15 segundos abrirá a porta (dependendo da sua internet). Coloque seu pet dentro, feche a porta e vá fazer o que precisa. Na volta, repita o procedimento: aponte a câmera do seu celular para o código de barras e espere uns segundos que a porta vai abrir automaticamente. E lembre-se de fechar a porta, senão ela ficará apitando.

mão segurando celular e apontando para casinha com cachorro dentro
A porta abre e fecha pelo celular

Segurança

Vamos falar de segurança? Sim, sempre o mais importante e o grande motivo de ela ter sido inventada. Ninguém consegue abrir a porta da casinha, só você. O vidro da porta é feita do mesmo material utilizado nos blindados, ou seja, muito resistente. E a moldura é reforçada em aço. O trinco é importado e tem o padrão automotivo. Caso você não feche a porta corretamente, um alarme será acionado como lembrete. Quando a porta é aberta, uma foto é tirada e fica no registro da empresa.

mulher olhando para dentro da casinha da PetParker
Dá para ir ao supermercado e deixar o pet em segurança

E se…

E se acabar a bateria do meu celular? E se a câmera não ler o código de barras? Se algo deste tipo acontecer, entre no estabelecimento comercial que está a PetParker, chame o gerente e peça para ele abrir a porta da casinha (ele tem uma chave mestra). Mas saiba que antes de abrir ele fará uma verificação de segurança para certificar-se que realmente é você.

Limpeza

Outra dúvida que eu tive foi quanto a limpeza. E se o meu cachorro ou o cão que esteve antes do meu tiver feito xixi ou número 2? No caso de xixi, ele vai escorrer para o fundo. No caso de elementos sólidos, avise o gerente que ele vai acionar o time de limpeza da PetParker. Normalmente, a higienização da casinha é feita de uma vez a três por semana. Mas em casos de imprevistos, os “agentes da limpeza” chegam mais rápido. As casinhas são feitas de metal com acabamento em tinta antibacteriana: a mesma utilizada em hospitais. A superfície é firme e não porosa, o que impede a proliferação de germes.

Todo o pet gosta de ficar dentro?

Quando eu coloquei a Ella pela primeira vez, não sabia o quanto ela iria se adaptar. Supreendentemente, ficou bem. Sugestão: teste o seu cachorro e veja se a casinha é feita para ele. Se for, ótimo. Você passou a ter um porto seguro em diversos locais da cidade. Caso negativo, não force. Peça ajuda para um adestrador e vá no ritmo do seu melhor amigo, sem gerar traumas. Um truque meu, que funciona muito bem: como a Ella está acostumada a ficar em cima do colchonete dela, eu o coloquei dentro da casinha. Isso fez ela entrar sem receios. Vale para colchonetes, caminhas, cobertas, brinquedos… qualquer elemento que remeta seu pet à bem-estar.

cachorro dentro da casinha da PetParker
Ella numa boa dentro da casinha

E a temperatura?

Calor! Esta era outra dúvida. Sabe o que eu fiz? Entrei na casinha com a Ella para sentir na pele (literalmente) a temperatura. Não estava quente, pois tem um ventilador.

cachorro entrando dentro da casinha da PetParker junto de mulher
“Se a Cris vai, eu vou também!”

Mas atenção: há raças que sentem mais calor do que outras. Analise o dia, leve em consideração o seu cachorro e eleja com cuidado os dias e temperaturas ideais para ele. Se tiver sombra, um ventinho, for inverno ou no shopping (com ar condicionado) seguramente não haverá problemas. Também vale contar que se a temperatura externa bater 30 graus, o serviço não estará disponível.

mulher e cachorro dentro da casinha da PetParker
Cris e Ella mostrando que a casinha é grande

Controle

Gosto muito desta opção. Pelo aplicativo você acompanha a temperatura que está dentro da casinha e a quanto tempo seu pet está nela.

mulher beijando cachorro dentro da casinha da petParker
Quem ama cuida

Listei algumas situações que a PetParker pode cair bem na sua vida:

1.) supermercados

2.) farmácias

3.) shoppings – se você for à praça de alimentação, a alguma loja que não seja pet friendly e ao banheiro

4.) restaurantes que você esteja sozinho e quer ir ao banheiro

5.) escritórios (no caso de uma reunião que pessoas tenham medo de pets)

6.) lanchonetes de postos de gasolina onde os pets não possam entrar

7.) academias (durante as aulas com música excessivamente alta)

8.) consultórios médicos (na recepção)

9.) sorveteria ou hamburgueria que você esteja sozinho e precise ir ao banheiro ou ao caixa

Afinal, todo passeio vale a pena, certo? E se podemos estar mais tempo com nossos cães amados, vamos aproveitar! As casinhas brancas nos ajudam a estar sempre sempre sempre na melhor companhia do mundo: da cachorrada!