Paulo das Trutas

compartilhe
Diferenciais
Valores

Restaurante pet friendly em Monte Verde

Antes de escolher uma mesa e sentar para provar o carro chefe da casa: as trutas, faça um tour pelos tanques onde são criadas e aprenda sobre cada etapa. Para abrir o apetite, faça uma degustação de cachaças: há mais de 15 tipos.

Eu provei a de cambuci, que é uma frutinha da Mata Atlântica, e adorei. Há outras combinações interessantes como a de doce de leite, limão siciliano e pimenta com manga. Os mais puristas vão gostar da branca ou envelhecidas nos barris de carvalho ou imburana.

Na frente dela, está a casinha onde as pastinhas, feitas pela Estela, estão dispostas em uma prateleira. Sim, porque também acontece uma pequena degustação. Meu voto vai para a tradicional feita com ricota e truta defumada, quem curte uma combinação de sabores vai gostar da de alcaparras, azeitona preta, alho, amêndoas , damasco, tomate seco e queijo gouda.

Uma vez que os tours foram devidamente cumpridos com sucesso, sente-se para almoçar.

Obviamente, eu escolhi as mesas do deck ao ar livre, pois sou apaixonada pelo ar puro e estar mais perto do verde. Que delícia foi escutar o barulhinho do rio correndo ao lado, ver os esquilinhos pulando entre as árvores e caminhando pelo parapeito, admirar a copa das árvores e sentir-se em um refúgio especial. Mesmo Monte Verde sendo uma pequena cidade rodeada de montanhas, este cantinho nos deixa ainda mais inebriados. Parece o cenário de um filme de séculos atrás.

Confesso que não lembro de ter visto outra opção de prato a não ser as vedetes da casa: elas, as trutas. São mais de 20 tipos de molhos e acompanhamentos. Movida ao conselho do amigo André da Confraria Paulistânia fui decidida a pedir pela truta no papelote. Assada no papel alumínio com cogumelos, amêndoas, pimentão e cebolas, ela é realmente deliciosa e suave.

Lembrando que comi a ótima casquinha de truta com queijo e uma pitada de azeite dendê de entrada.

Para encerrar, dei algumas colheradas no pudim de leite. A Ellinha esteve comigo, é claro, durante os tours e o almoço. Coloquei seu colchonete ao meu lado e ela cochilou e conheceu novos amigos que chegaram com seus pais humanos. Inclusive, o Gomes que ficou perdidamente apaixonado por ela. Normal, né? Quem pode resistir a essa sharpeizinha gente boa?

Leve seu pet, eles adoram nos receber. E cá entre nós, vá por conta própria, não há necessidade de ir em um passeio contratado no centrinho, que tem no roteiro a criação de trutas. Até porque o mais legal mesmo é não ter hora para voltar e poder provar todas as delícias típicas da região. Além de curtir a natureza e almoçar o prato mais tradicional: as trutas. E que trutas!

Localização
Contato

Leia mais

Art BBQ

Art BBQ

12 de junho de 2023
Leia mais
Salvi

Salvi

1 de fevereiro de 2024
Leia mais
La Maison 218

La Maison 218

20 de junho de 2023
Leia mais

Quem Somos

Conheça quem faz o Guia Pet Friendly

© Guia Pet Friendly 2023 – Todos os direitos reservados | Desenvolvido por VolpeDesigner