Nunca abandone seu pet

Cerca de 30 milhões de animais estão à espera de um lar, hoje, no Brasil. A situação das ONGs e dos protetores independentes é preocupante, pois o número de cães adotados não vence os resgatados.

O ano de 2022 começou com três ações de grande impacto midiático mostrando a importância da posse consciente, o fim do abandono e os benefícios da adoção.

A esquina das avenidas Consolação e Paulista esteve mais bonita, em janeiro. Imagens de cães e gatos SRD foram projetadas em tamanho gigante na lateral do edifício Anchieta. A ação #adocaoprojetada foi patrocinada pelo NexGard e Frontline e os pets projetados estão para adoção na Ampara Animal.

Já em fevereiro, no Rio Open 2022, os cães ganharam o título de “Cãodulas” e a missão deles era buscar as bolinhas de tênis durante o bate-bola dos jogadores do torneio. Eles foram resgatados pela ONG Patinhas Anônimas.

Foto: Divulgação

Em Minas, os cães resgatados em Brumadinho, após o rompimento da barragem B1, entraram no campo da Arena Independência com o time do América. Há 300 animais esperam ser adotados pelo www.vale.com/melevapracasa

Foto: Vinni Silva