Coluna Prazeres da Mesa

Dizem que o melhor tempero é a fome. Discordo: o melhor tempero é o frio. E nesta temporada de inverno antecipada – afinal a estação mais deliciosa do ano começa apenas no dia 21 de junho, nada melhor do que passar uns dias em Monte Verde, sul de Minas Gerais. Com o seu melhor amigo a tiracolo, é claro! Estivemos, eu e a Ella, na pequena e simpática Monte Verde em maio de 2015 quando contamos por aqui sobre nossas experiências no ótimo restaurante Villa Donna (saudades do risoto da chef Sônia Kohen) e das inesquecíveis geleias artesanais Edelweiss.

Temporada 2016

Desta vez, nosso tour gastronômico passou, novamente, pelo Café Pinhão, onde matamos a vontade de comer fondue de queijo e chocolate, degustamos as cervejas artesanais da Confraria Paulistânia, nos “entregamos” às delícias do café da manhã da pousada Cantos e Contos e comemos a famosa truta com siri da Villa Amarela. Pensar que fizemos tudo isso com a Ella bem pertinho é a certeza de que Monte Verde está a cada dia mais pet friendly é isso é ótimo!

Os clássicos

Os pratos “oficiais” de Monte Verde são a fondue e a truta. No Café Pinhão eles servem o de praxe: fondue de carne, queijo e chocolate. Pedimos a duplinha queijo e chocolate, uma espécie de queijo com goiabada, e abrimos assim nossa temporada em solo mineiro. Chegamos domingo à tarde, quando a cidade ainda “fervia” com os turistas ávidos pelo frio. Reservamos uma mesa no deck coberto, área permitida aos pets, e curtimos o sol que entrava de lado, esquentava e deixava o cenário ainda mais convidativo. A primeira “garfada” nos queijos emmental e gruyère derretidos, que chegam na bonita panelinha, agradou meu paladar que aprecia quando a fondue tem personalidade. Pontos para os pães cortados em cubinhos bem crocantes e durinhos no ponto certo.

Puffs, mantinhas e loiras geladas

A Confraria Paulistânia tem três qualidades respeitáveis: os puffs vermelhos na varanda, a excelente trilha sonora, em que só toca rock and roll, e a bela carta de cervejas especiais. Corrigindo, podemos acrescentar à lista: as mantinhas e as empanadas de shimeji assadas no forno nas quais o recheio é generoso. Ela foi a parte 2 do nosso domingo e entrou na categoria happy hour. Quando vi os puffs fofinhos e moldáveis ao corpo, perguntei se eu poderia sentar ali com a Ella e a resposta foi um sonoro e simpático: “sim, é claro”. Quando as mantinhas nos foi entregue, o bom ficou perfeito. Desejei ter a Confraria na esquina de casa e quando falo isso é porque o lugar realmente me conquistou. A especialidade da casa são cervejas artesanais de várias partes do mundo e diferentes estilos. Entre elas, a loira de marca própria: Paulistânia Puro Malte.

Na próxima coluna…

O café da manhã na pousada Cantos e Contos e a truta da Casa Amarela. E para os dog lovers, fica a dica: no dia 15 de maio acontece a Cãominhada em Monte Verde, com direito a passeio com os pets e piquenique.

Serviço:

Café Pinhão – Avenida Monte Verde, 796

Confraria Pauistânia – Avenida Monte Verde, 858