O Casa Tavares é pet friendly e fica no bairro dos Jardins, em São Paulo. Eles aceitam cachorros nos decks externos – sendo um deles, coberto. Portanto, ele pode ser seu melhor amigo também! O cardápio é de lamber os dedos, seu pet será bem recebido e você poderá curtir a vida ao lado da sua fofura peluda. Então, perfeito, não é?

Casa Tavares é pet friendly

espaço pet friendly: as mesinhas da calçada, que ficam em cima de um tablado de madeira e 

Casa Tavares é pet friendly

as do deck da entrada são pet friendly.

Casa Tavares é pet friendly

Eles adoram cachorros. Além disso, vale para todo porte de pets, afinal, o espaço é grande. 

Casa Tavares é pet friendly

Para comer: as delícias do chef Felipe Sicca
Imperdível: a melhor burrata da vida! 

Casa Tavares é pet friendly

Burrata, saladinha de rúcula, tomate assado, azeitonas pretas e fatias de pães artesanais, acompanhados de salmão

E as pipocas

Casa Tavares é pet friendly

Diquinha: faça do Tavares seu segundo melhor amigo. Ou seja, volte nele em diversas situações: para almoçar um PF durante a semana, para beliscar no final de tarde, para almoços demorados aos sábados e domingos e para tomar café da manhã.

Casa Tavares é pet friendly

Leia também nossa coluna na Prazeres da Mesa publicada em 9/3/17

Boa vizinhança

Foi um almoço cheio de boas (!!) surpresas. A primeira delas: descobrir que o chef gaúcho Felippe Sica deixou os pampas e faz parte da cozinha do Casa Tavares, do também gaúcho Ivo Abrahão. Bom encontrar conterrâneos… A segunda ficou por conta da Sandra e do Márcio, que estavam acompanhados da Kiara (labradora) e do Thor (border collie). Eles reconheceram a Ella e me disseram que sempre usam nosso app de dicas pet friendly (dá para baixar pela App Store e Google Play, basta procurar por Guia Pet Friendly).

Os decks

Logo, vimos o pequeno deck, que fica na calçada e “A” mesa com quatro cadeiras… Ahhh! Parecia um picadeiro a céu aberto. Perguntei se podíamos sentar ali, apesar de sermos duas pessoas e uma cachorrinha fofa. Ganhamos uma resposta positiva e nos acomodamos felizes. Coloquei o colchonete da Ella no lugar de uma cadeira e o Breno – o garçom que ama cachorros – trouxe um pote de água. Aproveitei, então, para tirar uma foto dele ao lado da fofucha. Só saímos dali quando alguns pingos d’água da chuva ficaram mais fortes. Então, nos mudamos para o deck grande, que possui um toldo retrátil e resistente a qualquer aguaceiro.

O interior do casarão tombado, em que o Tavares foi projetado, é fabuloso! Sua decoração arranca muitos suspiros. Mesmo assim, os decks externos, onde os pets são permitidos, são disputadíssimos. Acho que é a vibe bacana dos Jardins que atrai.

Os pedidos!

Hora de encarar o cardápio! Olhei, olhei, olhei… Salivei por diversas entradinhas, quase pedi os bolinhos de arroz, mas sucumbi pela fama de “Melhor do Mundo” da burrata. Sim, ela merece: que burrata, senhoras e senhores! Cremosa e saborosa, vem acompanhada de uma saladinha de rúcula, tomate assado, azeitonas pretas e fatias de pães artesanais. Trocamos o presunto cru pelo salmão e lambemos os dedos.

Na hora de pedir o prato principal estávamos satisfeitos, mas o show não podia parar. Apenas anotei: as entradinhas do Tavares nos deixam felizes e são generosas. Pedimos um vinho branco, seguimos no papo e, finalmente, nos decidimos. Eu pedi pelo taglioline rabiata com lascas de bacalhau porque não resisto a um molho picante. Comi metade e pedi para embrulhar a outra, que virou meu almoço do dia seguinte. Tudo é muito bem servido, aliás. O Thiago, nosso companheiro neste almoço, foi de risoto de mix de cogumelos e raspou o prato.

Fomos “fortes” e encaramos a sobremesa – meu lado infantil não resistiu quando leu pi-po-ca. Eu sabia que não seria qualquer pipoca e estava certa: ela veio caramelizada na medida certa com um toque de flor de sal. Comemos sem parar! Mas não deixamos de provar o sorvete de tapioca com goiabada e lascas de queijo Serra Canastra, que estava igualmente saboroso.

Prometi voltar em uma tarde de chuva e pedir o bolo do dia com café passado. Afinal, quem pode resistir a uma sobremesa tão fofa? Vou chamar o Felippe e o Ivo para “uma charla” e quase me sentirei nos pampas novamente…

Bate Bola

para ir com chuva: sim

para ir com todo porte de pet:sim

para gastar: $$$ – até R$100 reais por pessoa

Endereço: Rua da Consolação, 3212, Jardins, Telefone: (11) 3062.6026 Site: facebook.com/CasaTavares