Em uma noite iluminada por vaga-lumes no alto da Serra da Bocaina, o bistrô Pirilampo foi batizado. Luciana e Wilson jantavam na varanda, com o trio de orelhudos Max, Baruk e Lupita aos pés, quando tiveram a ideia do nome. Créditos às dezenas de pirilampos que piscavam sem parar. O nome ficou simpático ao pequeno bistrô e sua fama cresceu entre os moradores da pacata São José do Barreiro, cerca de 350 km da capital paulista.

Em 2009, dois anos antes do Pirilampo nascer, a pousada Encanto da Bocaina foi criada. Ela começou com apenas um chalé. Logo veio o segundo e o terceiro completou o projeto idealizado pelo casal. Na pequena “grande” cozinha está Wilson Martins. A Luciana comanda o café da manhã e a sous chef do marido. Eles dão conta de tudo e ainda conseguem dar atenção aos visitantes. O segredo está, justamente, em fazer o que gostam.